sábado, 11 de dezembro de 2010

Esperar...

Normalmente achamos que somos os donos do mundo... e sempre temos certeza que somos donos daquilo que nos diz respeito... pura ilusão.

Temos sorte quando tudo que queremos acontece do jeito que desejamos... temos sorte quando temos tudo ou alguma coisa que queremos.

Nada é controlável... se pararmos para pensar na quantidade de variáveis que existem no mundo, é pura sorte estarmos vivos.

Então... o que podemos fazer quando algo nos ameaça? Nada. Não podemos fazer nada. Podemos continuar fazendo as coisas do jeito de sempre ou arriscar mudar algo pensando que essa mudança irá garantir qualquer coisa... mas na verdade, isso está fora do nosso alcance. Então, só podemos esperar.

Esperar... que essa ameaça vá embora.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Devaneios³

Algumas vezes pensar é bom... mas pensar demais nem sempre é bom... tem horas que gostaria de ser uma página em branco... tem horas que gostaria de ter a mente completamente vazia, e não pensar em nada...

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Mudanças...

Queridos leitores (acabei cedendo à isso...),

Sei que estou sumida... e estarei mais ainda daqui pra frente.
A partir da semana que vem, minha vida mudará completamente... nova rotina, menos tempo, mais cansaço.
Finalmente consegui um trabalho!!! \o/
Estou radiante!
Estarei de mudança... e até tudo se estabelecer, vai levar um tempo... mas prometo retornar... não abandonarei este blog.

Abraços e até o próximo post.

domingo, 7 de novembro de 2010

Nocturne...


Eu gosto da noite... da madrugada... mas não posso deixar de notar que sinto solidão...

"Ohh, can't anybody see
We've got a war to fight
Never found our way
Regardless of what they say

How can it feel, this wrong
From this moment
How can it feel, this wrong

Storm.. in the morning light
I feel
No more can I say
Frozen to myself"

Roads, by Portishead


P.S: Sinto vontade de chorar ouvindo essa música... amo...

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Alarme...

Mais uma noite de insônia... e o que eu achei que tinha me incomodado pouco, está me incomodando muito, na verdade.

Algumas feridas abertas demoram muito mais tempo pra cicatrizar do que imaginamos... ou talvez nunca cicatrizarão.

Será que alguém já parou para pensar que a maior arma que temos, somos nós mesmos? Podemos causar a morte de uma pessoa... podemos causar danos permanentes... podemos transformar alguém... podemos enlouquecer pessoas!

Será que temos cuidado com isso quando deixamos alguém se envolver conosco?

Eu digo que não...não temos cuidado... não nos importamos, até que acontece conosco. Até que sentimos na pele toda dor que alguém já sofreu por nós... e quando sentimos essa dor, meu amigo... só queremos deixar de existir.

Quando conseguimos sobreviver à essa dor... temos tanto medo de sentí-la novamente, mas tanto medo... que não conseguimos viver mais em paz... qualquer coisa aciona o nosse alarme interno... e tudo vem à tona... todo o pavor, toda a paranóia... e você tem que manter a razão, o controle, até esse alarme desligar e você poder voltar à sua temporária tranquilidade.

Sou psicóloga... mas me pergunto: será que com anos de terapia, conseguimos realmente deixar de sentir esse medo, ou só aprendemos a lidar com ele?

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Self-portrait...

No retrato que me faço
- traço a traço -
às vezes me pinto nuvem,
às vezes me pinto árvore...

às vezes me pinto coisas
de que nem há mais lembrança...
ou coisas que não existem
mas que um dia existirão...

e, desta lida, em que busco
- pouco a pouco -
minha eterna semelhança,

no final, que restará?
Um desenho de criança...
Corrigido por um louco!

Mário Quintana


E assim sou seu... hora uma coisa, hora outra.
Bipolar? Não. Humana.
Nasci de um jeito. No dia seguinte já era diferente.
De larva à borboleta. De borboleta à camaleão.
E assim me criei até hoje... e morrerei da mesma forma.
Mutável e agorando a mudança.
E esperando por ela ansiosamente.
Nesse meio tempo, o que faço?
Vivo... tento. Sobrevivo... talvez.
Desse jeito sou encantadora e odiosa igualmente.
Tenho amigos... inimigos, talvez. Tenho amor, isso tenho.
Dúvidas, às tenho aos montes. Medo... nem me fale.
Mas vou... às vezes paro... mas sempre vou.
Entendeu? Não? Não se preocupe. É assim mesmo.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

domingo, 31 de outubro de 2010

Nessas horas...

Hoje estou com pensamentos ruins...
Sabe aqueles dias, quando você pára pra pensar no seu futuro... e escuta sugestões... e tudo que você consegue enxergar é qualquer coisa diferente do que você planejou há 5 anos... qualquer coisa diferente do que você está planejando agora.

Escuto que as coisas vão acontecer na hora certa, para eu ter mais paciência... mas tem hora que essa paciência chega ao fim... e nessa hora... é nessa hora que os pensamentos ficam escuros... negros... sombrios.

Nessa hora, a imagem de um projétil atravessando parte do corpo é nítida e estranhamente tranquilizadora. Nessas horas, dormir é a melhor opção e torcer para acordar melhor.

sábado, 30 de outubro de 2010

Maldito mercado de trabalho



Bom dia.

Sei que tenho andado sumida... essas últimas duas semanas foram agitadas e desperdiçadas pra mim: questões de trabalho.

Estou cansada... chateada... P. da vida... desanimada... mas sei que não posso desistir.
Estou aí... na luta tentando entrar no maldito e monstruoso mercado de trabalho (me arrepio só de ouvir essa palavra). Onde as pessoas são exigentes, impacientes, intolerantes e filhas da p.... Onde você deve ter total disponibilidade para fazer uma maldita entrevista marcada para às 14h (mas que só começa às 15h), escrever uma redação (que nada mais é que um teste Grafológico) com tema livre (ahhhhh, como eu odeio tema livre!!!), fazer uma prova de matemática financeira (sim! teste de matemática para um cargo de Psicóloga!!!!) e um questionário no estilo de "Marque o que mais se aproxima com você, sem pensar muito".

Ora... eu ajo de formas diferentes dependendo da situação. Em uma situação eu sou tímida, em outra sou extrovertida... numa eu planejo todos os detalhes, noutra eu prefiro agir com criatividade e sem planejar... Cacete!

"A história é sempre a mesma: você está desempregado. Já passou por vários empregos nos últimos anos, mas não conseguiu parar em nenhum, provavelmente porque “a culpa era do chefe”.
Embora chefes não tenham defeitos (o único é o de não reconhecer seu talento), a culpa é sempre deles! Você até se acha profissional, pontual, competente e entusiasta mas, na hora do pé-na-bunda, a que arde é a sua!
Meses se passam e nada de emprego: “As coisas estão muito difíceis, o momento é delicado, o país passa por uma séria crise, muita concorrência, blá-blá-blá…”
Mas eis que, finalmente, pinta uma entrevista. Valeu a pena levar a carteira profissional pro Padre Marcelo benzer, redecorar a casa com as dicas do Feng-Shui, mandar 150 currículos pelo correio toda semana…
Evidentemente, o drama não acaba por aí. Você ainda tem a missão — quase impossível — de passar pela entrevista e deixar uma boa impressão."


Bom... já desabafei tudo que tinha pra desabafar hoje com minha mineira (coitada dela... quando fico chateada com algo, fico extremamente chata e reclamona)... no próximo post, falarei de outra coisa infinitamente mais alegre.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Novamente: Os pesadelos!

Pesadelos... sempre os tenho... impressionante! Raramente tenho sonhos bons.

Mas o pesadelo dessa madrugada me deixou extremamente perturbada. Acordei morrendo de medo, com o coração acelerado, tremendo e com a lembrença viva do sonho na minha cabeça.

Vou resumir bem: uma criança de uns 2 anos de idade, caída no meio de uma rua movimentada, com uma ferida tipo perfuração no abdomen, sangrando muito, rolando no chão, gritando e chorando de dor. Todos os carros parados olhando, ninguém fazia nada, ninguém da família aparecia (a criança estava sozinha). Eu pegava o celular para ligar para emergência e não conseguia. A criança se arrastava pelo asfalto, agonizando e gritando... e eu impotente.

Acordei com os gritos ecoando nos meus ouvidos... a imagem da criança rolando, sangrando e agonizando no chão não saía... parecia que eu realmente estava vendo aquela cena na minha frente.

Nossa... como eu acordei desesperada... quase chorando.

Fico pensando: será que tem algo errado comigo? Eu quase nunca tenho sonho bom.


Segue abaixo a interpretação dos sonhos, segundo a psicanálise:

Freud salientou basicamente que os sonhos seriam essencialmente a tentativa de realização de um desejo reprimido que se alojava no inconsciente, sendo que esse desejo seria primordialmente de natureza sexual ou encerraria aspectos proibidos pelo contexto moral, como exemplo, o incesto.

O sonho era produzido por dois elementos centrais: a "condensação e deslocamento", que respectivamente significam: recolher partes de  diferentes períodos do desenvolvimento de uma pessoa, e reproduzi-las através de simbolismos que ocultassem seu verdadeiro significado, evitando que a pessoa entrasse em contato direto com o material proibido ou do qual sentia-se culpada.

Em nosso presente momento, qualquer psicólogo tem a clara noção de que os sonhos de nossos pacientes atuais refletem principalmente três esferas: solidão, angústia e principalmente medo.

Alfred Adler salientou o complexo de inferioridade e superioridade, como elementos centrais da personalidade humana. O complexo de inferioridade se manifesta essencialmente através de sonhos de queda, nudez, roubo, perseguição, estupro, perda de membros do corpo, regressão a etapas anteriores, como, por exemplo, sonhar que se está de volta ao ginásio, ou outra etapa qualquer já vivenciada pela pessoa.

Se os sonhos eram a realização de desejos, como ficaria a questão dos pesadelos? Freud respondeu essa questão quando o mesmo elaborou a teoria do masoquismo, teoria esta que diz que o prazer se manifesta na dor, numa tentativa de aliviar a tensão e culpa. Freud com bastante perspicácia percebeu mais tarde que o pesadelo era uma tentativa do ego de controlar um material reprimido que causava extremo sofrimento à pessoa.

Nesse ponto podemos falar da questão temporal dos pesadelos, pois para a pessoa que sofre com os mesmos, fica a sensação de perseguição de algo passado que sempre retorna, uma verdadeira tortura mental que nunca se esgota. Porém se observarmos atentamente a direção de determinados pesadelos descobriremos que seu sentido não está apenas ligado ao passado, mas também ao futuro, ou seja, a meta de vida que a pessoa pretende realizar, pois o pesadelo coloca em cheque através de dolorosa angústia, determinadas atitudes que a pessoa precisa tomar para resgatar seu prazer pessoal e social; como se fosse uma espécie de alerta para determinado problema que necessita de solução urgente.


Fonte: Site de Antônio Carlos Alves de Araújo - Psicólogo

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Mais uma ótima do Google: Google Analytics

Por esses dias, estava eu procurando um site que mostrasse estatísticas de blog... porque eu estava achando que meu contador de visitas tinha enlouquecido... uma média de 90 visitas por dias.
Eu pensei, "nossa... ou eu sou muito boa e as pessoas adoram o que escrevo... ou essa porra tá doida" (lógico que achei a segunda opção bem mais plausível).

Pois bem... fui eu caçar, quando me deparo com o Google Analytics. (mais) Uma ferramenta do Google (como eu amo o Google). Me inscrevi... coloquei o código no meu script do blog e testei.

Cara!! É muito maneiro!!! O site é em inglês (um incoveniente) mas é fantástico! O relatório te diz além de quantas pessoas visitaram seu blog em determinado dia (isso é óbvio), quantas visitaram pela primeira vez, te mostra o mapinha de localização de cada um (ontem tive visitantes de New Jersey, Eslovênia, Portugal, Bélgica!!), de que forma eles acharam seu blog (se foi direto, por outro blog, por sites de busca), te mostra até o que a pessoa digitou no site de busca que mostrou seu blog (hahahaha, teve uma que digitou "carente procurando colinho" e achou meu blog hahahahahahah, morri quando vi isso).

Enfim... não estou ganhando do Google para falar isso (infelizmente)... mas fiquei encantada com essa novidade... meu novo brinquedinho agora hehehe. Indico para quem tem blog, sites, etc...

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Socialismo, será esse o futuro do Brasil?

 Não sou fã de política... não me envolvo muito... mas em época de eleição (aliás, é o único momento em que isso ocorre) o brasileiro começa a pensar sobre seus governantes e sobre suas escolhas.

O fato é que nunca estive tão apavorada quanto estou nessa eleição. Apavorada pelos 8 anos do governo Lula e pela possibilidade de mais 8 anos disso (eles sempre se reelegem).

Votamos no Lula (eu votei na primeira vez) porque precisávamos de uma mudança... urgentemente!! E mudamos... mudamos merda nenhuma.

Certa vez, um professor de política do curso de Direito que minha mãe fez falou que "a política é uma essência... não importa se você é da esquerda... uma vez eleito, você se torna da direita, a política te consome, você se torna corrupto, e tudo permanece do mesmo jeito."

Pois bem... se pensarmos dessa forma, tudo ficará uma merda sempre.

Bom... continuando... estou apavorada com essa Dilma entrando pra presidência... apavorada!!!
Hoje li um e-mail muito interessante, apesar de não saber se é verídico. Vou colocar aqui:

Um professor de economia na universidade Texas Tech disse que nunca reprovou um só aluno antes, mas tinha, uma vez, reprovado uma classe inteira. 
Esta classe em particular tinha insistido que o socialismo realmente funcionava: ninguém seria pobre e ninguém seria rico, tudo seria igualitário e justo. 
O professor então disse: - Ok, vamos fazer um experimento socialista nesta classe.. Ao invés de dinheiro, usaremos suas notas nas provas. Todas as notas seriam concedidas com base na média da classe, e portanto seriam justas.
Com isso ele quis dizer que todos receberiam as mesmas notas, o que significou que ninguém seria reprovado. Isso também quis dizer, claro, que ninguém receberia um "A"...

Depois que a média das primeiras provas foram tiradas, todos receberam "B". Quem estudou com dedicação ficou indignado, mas os alunos que não se esforçaram ficaram muito felizes com o resultado.
Quando a segunda prova foi aplicada, os preguiçosos estudaram ainda menos - eles esperavam tirar notas boas de qualquer forma. Aqueles que tinham estudado bastante no início resolveram que eles também se aproveitariam do trem da alegria das notas. Portanto, agindo contra suas tendências, eles copiaram os hábitos dos preguiçosos. Como um
resultado, a segunda média das provas foi "D". Ninguém gostou.
Depois da terceira prova, a média geral foi um "F". As notas não voltaram a patamares mais altos, mas as desavenças entre os alunos, buscas por culpados e palavrões passaram a fazer parte da atmosfera das aulas daquela classe. A busca por justiça dos alunos tinha sido a principal causa das reclamações, inimizades e senso de injustiça que passaram a fazer parte daquela turma. No final das contas, ninguém queria mais estudar para beneficiar o resto da sala.

Portanto, todos os alunos repetiram o ano... Para total surpresa!!!

O professor explicou que o experimento socialista tinha falhado porque foi baseado no menor esforço possível da parte de seus participantes. Preguiça e mágoas foi seu resultado. Sempre haveria fracasso na situação a partir da qual o experimento tinha começado. 

"Quando a recompensa é grande", ele disse, "o esforço pelo sucesso é grande, pelo menos para alguns de nós. Mas quando o governo elimina todas as recompensas ao tirar coisas dos outros sem seu consentimento para dar a outros que não batalharam por elas, então o fracasso é inevitável."
"É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade. Para cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber.

O governo não pode dar para alguém aquilo que tira de outro alguém. Quando metade da população entende a idéia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação.


Isso é sistema SOCIALISTA... isso é o sistema das bolsas do GOVERNO LULA. Quem trabalha, trabalha muito, ganha pouco e paga muito pra sustentar quem faz um monte de filhos e não trabalha porque o governo não viabiliza educação e trabalho necessários.

Pense nisso nesse 31 de outubro!

domingo, 10 de outubro de 2010

Um "homem" faz falta...

Esses dias tenho ajudado uma amiga que está passando por algumas dificuldades... teve que sair da casa onde estava pra ir se virar sozinha... sem ter absolutamente nada.
Alugou um cantinho, está começando a arrumar coisinhas pra casa (fogão, geladeira, cama, essas coisas). E é nessas horas que a gente vê que um "homem" faz falta rs...

Sempre observei meu pai em casa... consertando tudo que vocês imaginarem, ele fazia tudo mesmo!!! Desde coisas de obra (colocar telhado, construir garagem, pintar casa), coisas elétricas (chuveiro, curto-circuito na fiação, gambiarras, abajur), à coisas de tubulação (pia, ralos, vaso sanitário). Já me dei mal por ficar perto do meu pai nessas horas, já levei choques, já levei uma martelada na cabeça, já me cortei diversas vezes, já deixei meu walkman cair dentro do poço (nossa... essa vez foi muito hilária)... mas eu tenho muito a agradecer a ele por causa disso, porque hoje sei fazer quase isso tudo que ele faz (um quase muito distante).

Voltando ao assunto da minha amiga... pois bem, como dizia, nessas horas um "homem" faz falta... ainda bem que aprendi com meu pai rsrsrs... porque agora eu que estou sendo o "homem" que está ajudando a trocar a resistência do chuveiro, montar a cama, furar parede, etc. E conheço algumas mulheres que também são verdadeiros "homens" dentro de casa... viva!

Bom, sabe aquela história de "casa, comida e roupa lavada"? Minha namorada vai ter casa e comida (não só isso, claro), já a roupa lavada vai ficar por conta dela rs (tá, eu ajudo vai rs).

P.S.: minha avó está melhorando \o/

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Minha maravilhosa avó...

Estou triste hoje, muito triste.
Minha avó adoeceu, está no CTI...

Imaginem aquela pessoa doce, magrinha, branquinha, dos olhos azuis como bolas de gude e cabelos brancos como algodão... e o sorriso mais lindo, com todos os dentes e os mais brancos (e não é dentadura hein)... uma velha nos seus quase 90 anos, ativa, que adora cozinhar e servir bem as pessoas que vão à sua casa... que vai até a frente do portão oferecer café pros trabalhadores que estão fazendo obra na rua... que fala "trepar" sem pudor e ainda ri da cara das pessoas assustadas... que não sabe ler, nem escrever mas guarda uma receita de bolo como ninguém... que faz o melhor pudim de leite do mundo... que dá vontade de ficar abraçada o tempo todo... que me chama de "minha neta caçula" até hoje... que chama meu pai de 60 e tantos anos de "meu caçula"... que sempre lutou, brigou, resistiu à todas as doenças e problemas de saúde que teve com um sorriso no rosto e falando besteira.

Essa pessoa maravilhosa é a minha avó... e eu não estou preparada para perdê-la.

Mas eu sei que ela não vai durar pra sempre... e estou chorando por saber disso.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

A morte...

"(...)Nunca ninguém sabe se estou louco para rir ou para chorar
Pois o meu verso tem esse quase imperceptível tremor...
A vida é louca, o mundo é triste:
vale a pena matar-se por isso?
Nem por ninguém!
Só se deve morrer de puro amor!"

Mario Quintana
----------------------------------------------------

"Penso agora que terei que pedir licença para morrer um pouco.
Com licença - sim?
Não demoro.
Obrigada."

Clarice Linspector
----------------------------------------------------

"A espécie humana é a única que sabe que tem de morrer."

Voltaire
---------------------------------------------------

"O suicídio não é querer morrer, é querer desaparecer."

George Perros
--------------------------------------------------

"A recompensa final dos mortos é não morrer nunca mais."

Nietzsche

O peixe morre bela boca.

Eu sempre achei que falar ajudaria a resolver os problemas, os conflitos, os estresses...
Ajuda... dentro de um consultório. Fora dele, você tem que aprender a ficar calada.
Talvez esse seja meu mal... mal maldito de psicóloga. Me pergunto: será que toda psicóloga fica te "forçando" a falar seus problemas? A falar o que está te chateando, te preocupando, te deixando mal?

Eu tenho esse mal... fico cutucando... fico tentando fazer a pessoa falar, desabafar... e nem sempre ela tá afim... às vezes a pessoa não quer falar porque não te diz respeito, porque você não vai poder ajudar... às vezes não quer falar porque prefere pensar sozinha, às vezes não quer falar porque o problema é você... às vezes não quer falar simplesmente porque não tá afim, porra! E pára de ficar teorizando!!!

E você não vai resolver o problema do mundo... o problema dos outros... você mal consegue resolver seus próprios problemas! (isso sou eu falando comigo mesma)

Você mal aguenta ouvir um não, sua criança mimada! (eu falando comigo novamente)

O que faz uma pessoa estar no caminho certo, fazendo tudo direitinho, acertando sempre.... e de repente começar a errar? Estragar tudo? Fazer tudo desandar?

Cara, isso é muito bizarro sabe... você começa acertando.... e no meio do caminho, parece que você se perde completamente!!!

Você começa falando as coisas certas nas horas certas... depois você passa a falar as coisas erradas nas horas certas... e por último, você fala demais as coisas erradas nas piores horas possíveis!!!

Gente, esses meus devaneios aqui servem pra qualquer área da nossa vida viu! Amor, família, amizade e trabalho... qualquer área onde haja uma relação de duas ou mais pessoas.

Se eu fizer uma retrospectiva... eu sempre morri pela boca... e não foi de tanto comer (apesar de que meu físico denúncia isso)... mas de tanto falar! De tanto falar merda! De tanto abrir a boca pra falar o que não deve! De tanto abrir a boca pra falar quando não deve!

Lembram da história de Paulo... aquele que perseguia os cristãos e um belo dia ficou completamente cego?
Pois então... eu poderia ficar muda. Não ia me fazer a menor falta. Quem sabe assim eu teria um tato melhor pra lidar com pessoas (sem trocadilho).

É foda isso sabia. É foda!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Luis Miguel Nava

Luis Miguel Nava nasceu em 1957, em Viseu, Portugal. Licenciou-se em Filologia Românica pela Faculdade de Letras de Lisboa. Partiu depois para Oxford, como leitor de Português. Fixou-se em Bruxelas desde 1986. Nesta cidade, no seu apartamento, foi brutalmente assassinado em 1995 por um dos seus supostos namorados.






Sem outro intuito

Atirávamos pedras
à água para o silêncio vir à tona.
O mundo, que os sentidos tonificam,
surgia-nos então todo enterrado
na nossa própria carne, envolto
por vezes em ferozes transparências
que as pedras acirravam
sem outro intuito além do de extraírem
às águas o silêncio que as unia.

Poesia... poesia...

Sempre gostei de poesia... escrevia na época de escola (poemas horrorosos por sinal rs)... mas fiquei afastada dela por causa de uma situação (odeio ser forçada a fazer algo sem estar com vontade... acaba me afastando daquilo) e agora estou tomando o gosto novamente.

Encontrei poetas maravilhosos... a maioria português...alguns brasileiros... passei a ler Fernando Pessoa, poeta que nunca dei muita trela por já ser meio batido... mas ele é fantástico! Passei a ler Cecília Meireles... poeta que nunca gostei muito... Florbela Espanca, ela é fantástica!! Hilda Hilst com seu vocabulário desaforado. Enfim... vários outros.... Já coloquei alguns poemas aqui de Luis Miguel Nava, Eugênio de Andrade, Ruy Belo, Daniel-Maia Pinto Rodrigues...

A partir de hoje, irei fazer uma seleção dos poemas que mais gosto e colocarei aqui, um por dia... quero compartilhar essa maravilha que é a poesia.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Nuvem negra...

Sempre falo que sou naturalmente melancólica...
Não gosto de ser quem eu sou... não gosto.
Não gosto do meu jeito... não gosto dos meus pensamentos... não gosto das minhas chatices...
O que mais me irrita em mim é saber tudo o que eu tenho que melhorar e não conseguir melhorar... não conseguir mudar essas coisas em mim.

Sempre falo que sou uma velha... e sou mesmo.
Estou sempre reclamando de algo... sou super pessimista com as minhas coisas e comigo... só comigo.
Se algo ruim acontece com você, eu digo que é por alguma razão que no fim será bom pra você. Mas se algo ruim acontece comigo... eu xingo o céu e a terra... acho que sou o ser mais azarado do mundo...

Sinceramente... têm momentos que não entendo porque as pessoas gostam de mim...
Têm momentos que só vejo meus defeitos.... apenas isso...
Sou insegura, medrosa, preguiçosa, reclamo de tudo mas não faço nada pra mudar, acho que quem me ama vai deixar de me amar, sou gorda mas não faço nada pra emagrecer, sou um saco, um verdadeiro saco, uma mala sem alça.

Nesses momentos... parece que paira uma nuvem negra sobre a minha cabeça...
Nesse momento tem uma nuvem negra sobre a minha cabeça...

"(...)
Eu estou ilhada
Hoje não ligo a TV
Nem mesmo pra ver o Jô
Não vou sair
Se ligarem não estou
A manhã que vem
Nem bom dia eu vou dar
Se chegar alguém
A me pedir um favor
Eu não sei
Tá difícil ser eu
Sem reclamar de tudo
Passa nuvem negra
Larga o dia
(...)"

Nuvem negra, by Djavan

domingo, 12 de setembro de 2010

Quem é e quem não é no The L Word...

Pra quem quer saber quem realmente é gay do seriado The L Word.

 HETERO - Jennifer Beals
 Quando perguntada sobre seu status de relacionamento, Jennifer Beals normalmente responde: "Eu sou casada com um homem." Historicamente, Beals foi casada duas vezes, com Alexandre Rockwell (foram casados por dez anos e separaram em 1996), e  Atualmente casada com o Ken Dixon. Beals e Dixon têm uma filha juntos, e Beals é uma madrasta de dois filhos de Dixon de um casamento anterior.

BI - Laurel Holloman
  Laurel Holloman se identifica como bissexual. Como sua personagem Tina, Laurel foi pra frente e para trás entre ter relações com homens e mulheres. Holloman é casada desde 2002 com Paul Macherey, e eles têm uma filha, Lola. Lola foi destaque no útero na 2 ª temporada de The L Word quando Tina estava grávida.

HETERO - Pam Grier
Pam Grier é hetero. Ela tem uma história amorosa muito interessante, tendo namorado o grande jogador de basquete  Kareem Abdul-Jabbar, o ator/comediantes Richard Pryor e Freddie Prinze na década de 1970. Em 1998, ela estava envolvida com o executivo musical Kevin Evans, mas o relacionamento terminou em 1999.
GAY - Leisha Hailey
Embora ela seja bissexual em The L Word, Leisha Hailey é gay.
Nascida em Okinawa, Japão de pais norte-americanos, Hailey cresceu em Bellevue, Nebraska e frequentou a escola Bellevue West High School. Ela se assumiu lésbica antes de se mudar para Nova York para frequentar a Academia Americana de Artes Dramáticas (em inglês, American Academy of Dramatic Arts), onde se formou em 1991.

DESCONHECIDO - Mia Kirshner 
Ela não disse que é hetero, nem homo, nem bi... Ela simplesmente não comenta sobre... e toda vez que perguntado ela faz divagações do tipo... Por que a sexualidade de alguém é tão importante? Então... acho que é bi.


HETERO - Marlee Matlin
Matlin casou-se com Kevin Grandalski em 1993, e eles têm quatro filhos.
Quando perguntada pela TV Tattler sobe sua personagem, Marlee respondeu: "Eu aprendi muita coisa, mas nada me surpreendeu, porque eu cresci com um irmão que é gay e entendi o isolamento que ele enfrentou. Mas os meus pais sempre foram favoráveis em seu desde o primeiro dia. Mas é incrível como as pessoas tomam tempo fora de suas vidas para humilhar e denegrir as escolhas das pessoas. Eu ainda não entendo."


DESCONHECIDO - Katherine Moennig
Bom, ela também não fala sobre sua vida sexual. Não é casada, não diz que é hetero, nem gay, nem bi.
"Nós [os atores] queremos manter a vida pessoal sagrada, porque é o que há de mais importante no final do dia." Mas na boa... ninguém hetero faria o papel da Shane tão bem assim né ¬¬


HETERO - Rose Rollins
"Eu sou hétero", Rose Rollins, disse quando questionada sobre sua orientação sexual em uma entrevista com Fevereiro2007 AfterEllen.com. Ela fez o comentário de que ela gosta de fazer personagem mais durão, pois ela é uma moleca no coração e não gosta de fazer a "menina sexy."
Hum... sei... ¬¬


HETERO - Rachel Shelley
Em entrevista à In the Life, Rachel Shelley disse, "Como uma mulher hetero, interpretar um personagem gay,  é muito interessante como as outras pessoas reagem a você." Ela também mencionou a sua decepção com seus amigos do sexo masculino que ficaram excitados porque ela estaria fazendo cenas de amor com mulheres. "Isso é obviamente o que The L Word é contra."

GAY - Daniela Sea
Daniela Mar foi criada por um pai gay em uma família liberal. Quando perguntada se era gay, Daniela disse um monte de bla bla bla, que no final diz que ela é lésbica rs...

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Gay é promíscuo?


É muito comum ouvir por aí as pessoas falarem que homossexualismo é promiscuidade.
Assim como no mundo hetero, no mundo gay existe muito disso sim. Tenho que concordar que até mais.
É difícil você encontrar casais gays com mais de 2 anos de relacionamento... é mais comum nos casais lésbicos... nos gays mesmo, eu não conheci nenhum casal que esteja até hoje.
E li um post num blog que diz o contrário disso:

"Dois estudos de janeiro de 2008, jogam por terra o mito de que casais homossexuais são mais sujeitos a promiscuidade. Acho que isso tem a ver com o fato de gays serem mais verdadeiros consigo mesmo. Se a pessoa não esta satisfeita com seu relacionamento, ou "ficante", porque continuar? Porque insistir em algo que não vai bem, ou não te trás alegria? Afinal de contas; qual o objetivo de se relacionar afetivamente com alguém? Se uma pessoa pode optar por ser feliz, porque não fazê-lo? Porque se obrigar a ser infeliz? Para obedecer regras morais impostas pela sociedade? Ah fala sério!"

Fonte: http://nossostons.blogspot.com/

Primeiro... quais estudos???? Segundo, promiscuidade não é ter 10 namorados(as) num período de um mês... mas é ter um(a) namorado(a) e ficar com outras pessoas. Terceiro, trás é advérbio de lugar (ele saiu de trás do carro), nesse caso o traz é do verbo trazer, então é com Z e sem acento.

Tenho algumas amigas e conhecidas onde relacionamento é algo banal, sem compromisso e sem amor... tem gente que enche a boca pra dizer que namora há 1 ano... daí logo em seguida diz que "vai dar um perdido" na namorada pra ficar com uma "fulaninha" aí qualquer. E sai pegando geral!!! Com meus amigos gays a mesma coisa... já ouvi falarem que não podem sair, ir pra boate porque a tentação é grande! Pô, perai né!!! Um bando de animal no cio???

Já parei pra pensar em várias teorias para essa falta de compromisso... não consegui chegar à nenhuma conclusão... já pensei que, pelo fato de não haver procriação, ninguém tem medo de sair transando com um monte de gente por aí... já pensei também que, pelo fato da relação homo não ser reconhecida legamente no país, as pessoas não levam a sério... sei lá... já pensei num monte de coisas.

Eu nunca fui disso... nunca fui de pegação... sair na noite pra pegar garota, ficar saindo com várias garotas ao mesmo tempo... não é papo de puritana nem santa não, eu que realmente nunca gostei... não vou dizer aqui que nunca traí... infelizmente já... duas namoradas... uma, me arrependi amargamente e contei no mesmo dia... a outra era uma vagabunda, então mereceu!
Sempre preferi manter relacionamentos sólidos e longos... claro que nem todos foram assim... mas sempre gostei de namorar... não gosto de sexo sem afeto.

Meu desejo mesmo é constituir família... parece careta... mas é verdade. Quero casar, ter filhos, montar uma família... ter minha casa, minha esposa... enfim... e fazer esse relacionamento ser respeitado.

Encontrei uma pessoa que compartilha o mesmo desejo que o meu... e, apesar de estarmos juntas a tão pouco tempo... eu já a amo absurdamente...
Como eu li num dos blogs que sigo... 1 mês de relacionamento lésbico corresponde a 7 meses de um relacionamento hetero ^^
Então amor... com 2 meses de namoro a gente já pode casar!!!

E povo, vamos pensar um pouquinho... se sabe que não consegue ficar sem beijar em bocas diferentes (estou usando eufemismo tá), pra quer fingir e assumir compromisso com pessoas que realmente querem algo sério? 

P.S: Te amo minha Pimentinha!

sábado, 4 de setembro de 2010

Abram seus olhos! Nesse caso, óleos!!

Hoje assisti a um absurdo!!!
Como as pessoas se deixam enganar por isso??
Entrando num dos blog que sigo, assisti ao seguinte vídeo:



Não aguentei... entrei no site e enviei o seguinte e-mail:

Boa tarde.

Gostaria de saber a justificativa para um pequeno vidro de óleo ungido custar R$300,00.

Vamos calcular:
500 ml de azeite de oliva extra-virgem custa em média R$7,00.
Acredito que nesse vidro não tenha nem 30 ml, então custaria em média R$0,42.
Um vidro para colocar o óleo, deve custar em torno de R$1,00, no máximo.
Preço do sedex, pelo tamanho do produto, custaria R$25,00, no máximo.
Totalizando: R$26,42.

Os outros R$273,58 é referente ao preço que o Espírito Santo cobra para ungir o óleo?

Porque, inclusive, não é o pastor ou bispo que unge nada... e sim o Espírito Santo.

Gostaria de uma explicação plausível para tal absurdo!!

Atenciosamente,

Luana Nogueira

Eu juro que dá vontade de jogar um bomba nesses lugares!!!!!

Segue abaixo a transcrição do que o pastor (ou sei lá o que) fala no vídeo:

Eu sei que às vezes você pode estar passando por problemas financeiros.
Eu sei que às vezes você pode estar passando por problemas psicológicos porque os teus amigos te abandonaram.
Eu sei que às vezes você pode estar como Jó: nas cinzas, "abusando" do pedaço de um caco de telha para aplacar a ira do câncer que "carcome" a sua alma, da lepra que "carcome" o seu espírito.
Mas eu vou te dar uma palavra de fé hoje: que se você conseguir se "levantar-se" das cinzas e não olhar mais para a sua aparência que está toda "combalida", para a sua pele que está toda destruída, e deixar o caco de telha de lado e ergues suas mãos cansadas para o céu e gritas: Eu sei que o meu redentor vive. Eu prrrrofetizo que quando passares o óleo a sua pela estará curada, todo o fedor que veio por causa dos erros será extirpado da sua vida.
E depois de hoje aqueles que insistiam em te olhar de cima pra baixo, pisando em cima de ti e dos teus sonhos, se quiserem te enxergar amanhã, terão que comprar um par de binóculos potentes porque você vai voar e vai voar com os campeões. Você é um campeão e ponto final!

Discurso sobre ciúmes...

Ciúme é "a reação complexa a uma ameaça perceptível a uma relação valiosa ou à sua qualidade." Esse sentimento apresenta caráter instintivo e natural, sendo também marcado pelo medo, real ou irreal, de se perder o amor da pessoa amada.

O ciúme, em princípio, é um sentimento tão natural ao ser humano como o tédio e a raiva.
Nos relacionamentos onde os sentimentos de ciúme são moderados e ocasionais, ele lembra ao casal que um não deve considerar o outro como definitivamente conquistado. Pode encorajar casais a fazer com que se apreciem mutuamente e façam um esforço consciente para assegurar que o parceiro se sinta valorizado.

Às vezes sentimentos de ciúme podem ficar desproporcionais. Por exemplo, quando um homem provoca uma cena embaraçosa numa festa porque sua mulher aceita um convite para dançar com um velho amigo ou quando uma mulher é tomada de ciúmes excessivos pelo fato de o marido ter uma mulher como chefe no trabalho.
Este tipo de reação pode afetar gravemente uma relação, levando o outro parceiro a sentir-se constantemente pisando em ovos para evitar uma crise de ciúme. O parceiro ciumento, muitas vezes ciente de seu problema, oscila entre sentimentos de culpa e auto-justificação.

O ciúme patológico é visto pela psiquiatria como uma espécie de paranóia (distúrbio mental caracterizado por delírios de perseguição e pelo temor imaginário de a pessoa estar sendo vítima de conspiração). Para o ciumento, a fronteira entre imaginação, fantasia, crença e certeza se torna vaga e imprecisa, as dúvidas podem se transformar em ideias supervalorizadas ou delirantes
Quem sente ciúme a esse nível tem a compulsão de verificar constantemente as suas dúvidas, a ponto de se dedicar exclusivamente a invadir a privacidade e tolher a liberdade do parceiro: abre correspondências, bisbilhota o computador, ouve telefonemas, examina bolsos, chega a seguir o parceiro ou contrata alguém para fazê-lo. Toda essa tentativa de aliviar sentimentos, além de reconhecidamente ridícula até pelo próprio ciumento, não ameniza o mal estar da dúvida, até o intensifica.

Fonte: Wikipedia.


O ciúme que quero discutir aqui hoje é o ciúme do passado. Acredito que todo mundo já sentiu ciúmes de uma ex... de uma história bonita que sua parceira teve no passado... das pessoas com quem sua parceira já esteve. Eu admito... sou ciumenta.

Mas não sou ciumenta exagerada nem patológica... acho até gostoso quando alguém acha minha namorada bonita. Mas se tem uma coisa que eu realmente tenho ciúme... é do passado.
Não deveria.... afinal, é passado... já foi... já acabou. Mas tenho... infelizmente. E admito... é por pura falta de confiança em mim mesma... porque o meu desejo é de ser especial e única na vida de quem amo... e saber que houve alguém ou "alguéns" que tiveram o amor de quem amo... nossa...
Não é um ciúme racional... afinal, não é uma ameaça real de perda da pessoa amada... é um ciúme de exclusividade... puro egoísmo. Chega a ser um ciúme narcisista... afinal, eu quero ser a pessoa mais importante da vida da minha amada... isso é muito egoísmo.

Mas... qual ser humano não é egoísta? Por mais generosos, caridosos, solidários que somos... também somos esgoístas.

Estava lendo a história da monogâmia esses dias... em um livro sobre comportamento grupal (Psicologia)... e, basicamente, a monogamia surgiu como uma forma de identificar seus herdeiros para ter com quem deixar a sua herança... afinal, todo mundo sabe quem é a mãe, mas saber quem é o pai, só com o teste de paternidade... e como na Grécia antiga ainda não existiam laboratórios rs... a forma encontrada foi: vamos parar todo mundo de putaria! Chega desse negócio de uma mulher ter vários homens e um homem ter várias mulheres (bom... do homem ter várias mulheres, ainda existe em algumas culturas... mas como disse, saber quem é a mãe é fácil!). Dessa forma, surgiu o casamento monogâmico, assim o homem "sabia" que aquele filho era seu e deixa seus bens para ele.

Mas, sinceramente... acho que a monogâmia surgiu mesmo porque queremos ser únicos na vida de quem amamos, de quem escolhemos para ficar ao nosso lado... e porque, lógico... somos egoístas e não queremos dividir nossas mulheres com ninguém!! ^^

E digo mais... odeio sentir ciúmes!!! Fico irritada, de mau humor mesmo quando estou com ciúmes!!! Fico amuada... não sou do tipo de faço escândalo, brigo, nem nada.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Mais um sonho ruim...

Acabei de ter um sonho muito estranho... sonhei que morava numa mansão... uma coisa grandiosa... mas essa mansão não era minha... era herdada... e eu morava sozinha... não tinha ninguém... não tinha amigos, nem parentes, nem amores...

Tinha um canil na parte de trás do quintal... todo abandonado... com alguns cachorros e gatos em tratamento, machucados... mas abandonado... tudo estava abandonado...

Quando eu olho para meu braço esquerdo e vejo uma ferida enorme nele... ferida que não tinha à alguns minutos antes... mas era uma coisa monstruosa... do tamanho de uma manga... quando olho de novo, a pele por baixo e ao redor da ferida se movimenta, como se tivessem ratos por baixo da minha pele... e então vejo outra ferida... e outra... e insetos começam a me atacar... e os bichos que estavam no canil começam a apodrecer... quando eu olho pras minhas feridas e presto atenção ao aspecto delas... todas elas eram luminosas, com pontos verdes e azuis luminosos, e então concluo que estou alucinando... eu estava doente, com febre... provavelmente alguma daquelas moscas e daquelas doenças daqueles animais do canil me picou, me atingiu... e eu estava alucinando...

Eu entrava correndo pela casa procurando um remédio que eu sabia que tinha, que iria me curar... um comprimido verde... se eu não tomasse, eu ia morrer por causa da alucinação.. a vontade de pegar uma faca e cortar a pele pra liberar aqueles bichos dentro de mim era imensa... mesmo sabendo que não era real... o problema é que só tinha um remedinho verde pra minha cura... que estava dentro de um porta jóia do tamanho de uma hóstia... e estava perdido dentro de uma mansão de infinitos quartos...

Acordei, forçada por mim mesma para sair da agonia...

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Rose...

Hoje vou postar uma música do meu mangá e anime favoritos: NANA.

Nana é um mangá shojo (mangá pra mulher), conta a história de duas garotas de diferentes personalidades, ambas chamadas Nana (Nana Komatsu e Nana Oosaki), que acabam se tornando amigas por acaso.
A Komatsu (mais conhecida como Hachi [nome carinhoso dado para cachorrinhos de estimação ^^] é uma patricinha, infantil e fútil... só pensa em coisas superficiais, em arrumar um namorado e conquistar sua independência. Mas tem bom coração, fica feliz com a felicidade dos seus amigos e tudo que quer é sua casinha com quintal para esperar seu marido com a comidinha pronta, mas é muito atrapalhada e ingênua.
A Oosaki é uma punk, vocalista da banda Black Stones (Blast, abreviação) que tem o sonho de se tornar famosa e viver de sua música. É completamente diferente da Komatsu, se faz de durona e fria, mas na verdade é completamente sensível e faz de tudo pelos amigos e pela Nana Komatsu.
Juntas, elas criam uma amizade incrível... chegando a se confundir com um amor lésbico... é comum ver a Hachi (Nana) falando que se a Nana (punk) fosse um menino, ela viveria feliz para sempre com ela.

               Nana Komatsu (Hachi)                            Nana Oosaki (punk)

Bom... segue a música  ^^

Rose, by Anna Tsuchia (representando Nana)

When I was darkness at that time fueteru kuchibiru
Heya no katasumi de I cry
Mogakeba mogaku hodo tsukisasaru kono kizu
Yaburareta yakusoku hurt me

Nobody can save me
Kamisama hitotsu dake
Tomete saku you na my love

I need your love
I'm a broken rose

Maichiru kanashimi your song
Ibasho nai kodoku na my life
I need your love
I'm a broken rose.
Oh baby, help me from frozen pain
With your smile, your eyes, and sing me, just for me

I wanna need your love...
I'm a broken rose
I wanna need your love...

When you were with me at that time
Anata no kage wo oikakete
Hadashi de kakemekete stop me
Tozaseba tozasu hodo motsureteku kono ai
Yuruyaka ni yasashiku kiss me

Nobody can save me
Kogoeru bara no you ni
Yasashiku nemuritai my tears

I need you love.
I'm a broken rose.
Kareochiru kanashimi my soul
Kuzureochiru kodoku na little girl
I need you love.
I'm a broken rose.
Oh baby, help me from frozen pain
with your smile, your eyes,
and sing me, just for me







Rosa

Naquele tempo, quando eu estava na escuridão
No canto do meu quarto, com meus lábios trêmulos, eu chorei
Quanto mais luto, mais essa mágoa penetra em mim
Promessas quebradas me machucam

Ninguém pode me salvar
Somente Deus pode fazê-lo
Meu amor parece me parar e me despedaçar

Eu preciso do seu amor
Eu sou uma rosa quebrada

Sua música dispersou a tristeza
Minha vida solitária não tinha rumo
Eu preciso do seu amor
Eu sou uma rosa quebrada
Oh, querido, me cure dessa gélida dor
Com seu sorriso, olhos, cante apenas para mim!

Eu quero precisar do seu amor
Eu sou uma rosa quebrada
Eu quero precisar do seu amor!

Naquele tempo, quando você estava comigo
Eu corria descalça perseguindo sua sombra e você me parou
Quanto mais me tranco, mais complicado este amor cresce
Beije-me lenta e gentilmente

Ninguém pode me salvar
Como uma rosa congelada
Minhas lágrimas querem adormecer gentilmente

Eu preciso do seu amor
Eu sou uma rosa quebrada
Minha alma mergulha na tristeza e murcha
A garotinha solitária está esmigalhada
Eu preciso do seu amor
Eu sou uma rosa quebrada
Oh, querido, me cure dessa gélida dor
Com seu sorriso, olhos, cante apenas para mim!

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Coisas que todos deveriam saber sobre os taurinos...

Touro!!!
A primeira coisa que me vem a cabeça é o egoísmo. O Touro é muito egoísta. Só consegue ver as coisas sob o seu ponto de vista, e pronto! Ele está certo, sua opinião tem mais peso. E o pior é que não costumam mudar de idéia. (concordo com isso... todos os taurinos que conheço são assim... com exceção de mim ^^).

O bom do touro é que ele sempre tem um ‘dinheirinho’. Sempre. E se ele empresta ou te dá algum, colega, é porque ele gosta muito, mas muito de você. Porque se tem uma coisa que o touro defende é o seu dinheiro. E se não pagar, eles cobram!! (só conheço um taurino assim, meu cunhado huahauhaua... eu não tenho dinheiro nunca, e sou muito mão aberta rs)

Touro ama prazeres: sexo, comida e dinheiro (isso é verdade). Um taurino sem sexo, fica amargo (isso é muita verdade!). Um taurino sem dinheiro fica mau humorado (nossa, tá falando de mim?). E um taurino sem janta, quebra a casa toda (huahauhauuhaha).

Mas é mais que isto. Seu dinheiro tem que significar contas pagas e algum investimento. Ele adora ligar nos banklines da vida, para ver o quanto tem, o quanto rendeu, o quanto sobrou. Ama cheirar notas novinhas. Não confia muito em débitos automáticos. (discordo! eu não ligo porque eu não quero saber meu saldo negativo rsrsrss... notas novas? o que é isso??? e confio muuuuuito em débito automático... não confio em cartão de crédito nem cheque...)

 
O sexo do taurino não pode ser qualquer sexo. Não gosta de ‘rapidinhas’. Este papo de ‘ali na escada de incêndio ‘ ou ‘vamos ali atrás da moita’ ele não gosta. Gosta do sexo lento, em uma cama boa, sem pressa, e ama sexo oral. E cuidado com o beijo taurino. Apaixona hein! (humm.... bom... melhor não falar nada sobre isso né rs)
 
E ama comida decente. Não me venha com sanduiches, Big Macs. Ele quer arroz, carne, feijão, mistura. salada, sobremesa, talher, suco, aperitivo, bebidinha. Não me venha com misto quente e Tang uva. (huhauahuahuaua... morri!! é por isso que aprendi a cozinhar... ^^)

O touro também é ciumento demais. E odeia ser ciumento. E sua vontade de não ter ciume é engraçada, porque transparece. (nossa! essa caiu como uma luva O.o)
 
E odeia perder as coisas .O casamento pode estar ruim, ele vai demorar para abandonar, se abandonar. Então se você for amante dele, sempre será a amante. Mesmo ele te amando mais que a oficial. Mas o legal, é que ele costuma ter somente a oficial. Não galinha por aí. Tem preguiça de caçar. Que bom,né? (bom... eu não tenho preguiça de caçar... eu sou tímida, é diferente... mas eu tenho somente a oficial porque gosto de fidelidade, porque se eu tenho uma oficial é porque eu amo essa oficial... então, eu simplesmente não vejo graça em ninguém mais... ^^). O complicado é que o planeta que o rege é Vênus. Então se o taurino nao for lindo, é no mínimo sexy. E se não for bonito, é rico, o que para muitas mulheres é o mesmo que bonito. (eu não sou linda, nem sexy e nem tenho dinheiro.. fudeu O.o... mas gosto de sexo, sou carinhosa, atenciosa, romântica e apaixonada, serve????)
A mulher taurina é muito, mas muito feminina. (humm... tenho lá alguma feminilidade, mas não é bem assim...) Mas é firme e teimosa. Sempre trabalha muito, adora a boa vida e trabalha muito para isto, porque ama o conforto.

Se tiver uma taurina morando em uma pensão com mais oito no quarto, a cama dela, no beliche vai ser a de lençol mais limpo, sua toalha será a menos encardida e seu sabonete o mais cheiroso. (com certeza!! apesar de que sou muito bagunceira!). A taurina ama namorar, mas como pensa em relação sólida, escolhe bem e avalia se o moço (no caso, a moça ^^) tem futuro na repartição em que trabalha. (nunca pensei nisso não)

Quer ferir um taurino? Fique mais rico ou rica que ele. (juro que eu não me importo... fico em casa cuidando das crianças e fazendo comida de boa!!!)
 
Ah, grandes gigolôs e cafetinas são de touro. Rsrsrsrs, é sério! Só perdem para o povo de peixes... (meu sonho é ser cafetina *-*)
 
Ah, taurinos não acreditam muito em signos. São mais ´pés no chão’. E que pés eles tem….
(eu acredito... graças ao meu ascendente aquário!)

sábado, 7 de agosto de 2010

Solidão...

Hoje eu acordei estranha... na verdade, desde ontem eu estava me sentindo estranha...
Sabe quando você acorda estranha?
Estranha? Estranha como?
Bom... estranha assim ó: "um sentimento no qual uma pessoa sente uma profunda sensação de vazio (...) é mais do que o sentimento de querer uma companhia ou querer realizar alguma atividade com outra pessoa não por que simplesmente se isola mas por que os seus sentimentos precisam de algo novo que as trasforme." (Fonte: Significado de Solidão, por Wikipedia.)

Acho que eu tenho me sentido muito assim... "precisando de algo novo que me transforme"... mais especificamente do tipo realizações, sabe?

Conversando com uma amiga adolescente, ela me relatou sentimentos e medos... os mesmos que eu tinha quando tinha a idade dela... os mesmo que eu continuo tendo... e então me apavorei... e percebi que não fiz nada da minha vida... que não construi nada... que não tenho absolutamente nada! Ou seja... 10 anos já se passaram desde que eu tinha a sua idade... e eu continuo uma adolescente, continuo perdida, continuo... perdida... continuo sozinha... e esse tipo de solidão não é o tipo que pode ser curado com a presença de outra pessoa... mas o tipo de solidão que só será curado quando eu tomar vergonha na cara e fizer algo por mim... e 10 anos se passaram, e eu ainda não tomei... será que algum dia irei tomar?

-----------------------------------------------------
"Não existe outra causa para o fracasso humano senão a falta de fé do homem em seu verdadeiro ser."
William James

-----------------------------------------------------

SOLIDÃO

Solidão inspiradora,
Por mais bela que fora,
Sempre será temida
Com seus sombrios braços de amiga.

Não há quem não ame,
Apesar de não ter semblante,
A solidão,
A escuridão.

Nossa amiga nos mostra a verdade,
A consciência não aparece sozinha, por mais
que tentasse.
Ela acompanha a solidão,
Que juntas alimentam a minha imaginação.

Ah, como eu amo a solidão.
Sem ela eu não viveria.
A minha amiga jamais me trairia,
Pois nós somos um só coração.

Ela acompanhou as minhas noites de dúvida,
Ela me fez crescer
Bateu à minha janela junto com a chuva
E vai chorar sob o meu caixão quando eu
morrer.
 

Lua Nogueira

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Filmes para as meninas & meninas...

Hoje estava passeando pela net... sem nada pra fazer e sem sono...
Entrei num site lésbico para ver se tinha alguma matéria interessante tipo, sei lá, legalização do casamento gay (apenas um exemplo tá, gente!). Bom, não li as matérias, mas cliquei no link "Filmes GLS". Dei uma olhada... alguns eu já vi, outros não... e alguns que faltaram e não poderia faltar!

Então resolvi montar a minha lista de filmes lésbicos... ou que apenas que menciona, sugere, insinua o lesbianismo ^^
OBS: aqui estão apenas os filmes que eu já assisti... sei que existem muitos outros considerados clássicos... mas que não tive ainda a oportunidade de ver...




Fucking Åmål (1998)
(no Brasil, Amigas de Colégio) é um filme sueco de 1998, realizado pelo cineasta sueco Lukas Moodysso.Retrata de forma sensível a descoberta do amor entre duas jovens, focando a espera, a alegria, a dor de se estar apaixonado, os aspectos cómicos do crescimento e a coragem que é necessária para se ser diferente. Elin e seus amigos adolescentes estão crescendo na pequena cidade de Amal. Nada acontece de novo até que Elin tem uma atitude inesperada ela vai à festa errada, e sua vida toma um rumo diferente . Presa entre dois interesses amorosos e uma hilária vida de cidade pequena, Elin tenta entrar em acordo com seu verdadeiro eu. Uma história atual sobre busca; a alegria e o sofrimento de estar apaixonada os aspectos cômicos e decepcionantes de crescer e a coragem que se faz necessária para se assumir diferente. (filme bobo... indicado para adolescentes).
Download: http://www.sendspace.com/file/ll6rbu


Aimée & Jaguar (2001)
Segunda Guerra Mundial. Na Alemanha nazista, Lilly, mãe de quatro filhos e casada com um soldado, leva uma vida normal, apesar de manter alguns casos extra-conjugais. Mas, um breve encontro, aparentemente sem grandes consequências, muda seu destino. Num concerto, ela conhece Felice, uma jovem por quem fica fascinada, sem jamais imaginar que ela é judia, vive na clandestinidade e tem um caso com outra mulher. Um segundo e inusitado encontro aproxima as duas mulheres, despertando um forte amor entre elas. Felice assume que é judia e que trabalha para um jornal nazista com nome falso para passar informações a um grupo de resistência. Lilly, por sua vez, supera seus medos e permite que a amante se mude para seu apartamento, divorciando-se do marido. Apesar da terrível realidade da guerra e da perseguição, elas vivem a plenitude deste relacionamento, até que são surpreendidas pela inesperada chegada da Gestapo. (filme lindo!!! nossa, como chorei nele!) 
Download: http://www.megaupload.com/?d=2QHBEOVN


Notas Sobre um Escândalo (2006)
Duas mulheres envoltas em um drama que envolve carência e traição estão no coração deste suspense psicológico, Notas Sobre um Escândalo. As surpresas e reviravoltas da história são registradas no ácido diário de Barbara Covelt (Judi Dench), uma professora solitária e dominadora que controla seus alunos com mão de ferro numa escola secundária estadual e decadente de Londres. Com exceção de seu gato, Portia, Bárbara vive sozinha, sem amigos ou confidentes ? mas seu mundo muda quando ela conhece a nova professora de artes da escola, Sheba Hart (Cate Blanchet). Sheba parece ser a alma gêmea e a amiga leal que Bárbara sempre buscou. Mas quando ela descobre que Sheba está tendo um relacionamento perigoso com um de seus alunos mais jovens (Andrew Simpson), essa amizade que parece florescer ganha contornos perigosos. Agora, Bárbara ameaça expor o terrível segredo de Sheba para o marido dela (Bill Nighy) e para o mundo, os próprios segredos e obsessões reprimidas de Bárbara são revelados. As mentiras que estão no centro das vidas de cada uma dessas mulheres serão expostas, sem nenhum pudor. (o filme não é exatamente lésbico, mas... enfim... é bonzinho)
Download: http://www.megaupload.com/?d=R1UXOOTL


Monster (2003)
Vítima de abusos durante a infância, Aileen Wuornos (Charlize Theron) tornou-se prostituta ainda na adolescência. Ela está prestes a acabar com a própria vida quando conhece Selby (Christina Ricci), uma jovem lésbica com quem acaba se envolvendo. Certa noite, depois de ser agredida por um cliente, Aileen acaba matando o sujeito. O incidente desencadeia uma série de outros assassinatos, que faz com que ela fique conhecida como sendo a primeira serial killer dos Estados Unidos. (a atuação da Charlize nesse filme é simplesmente fantástica... o filme aterroriza... não consegui ver de primeira... a cena da agressão sexual é muito forte).



Assunto de Meninas (2001)
Três alunas descobrem sobre as alegrias, aflições a adversidades do amor neste drama baseado no romance The Wives of Bath, de Susan Swan. Mary (Mischa Barton) é uma garota tímida que ainda se recupera da morte de sua mãe. Seu pai e sua madrasta decidem mandá-lapara um colégio interno só de meninas, onde Mary faz rápidas amizades com suas companheiras de quarto, a sofisticada Paulie (Piper Perabo) e Tory (Jessica Pare). Mary, entretanto, descobre que Paulie e Torry são mais do que amigas, e que mantém um relacionamento amoroso e físico. Inicialmente constrangida com as tendências lésbicas das colegas, Mary torna-se frande amiga de ambas. Mas a irmã de Torry, entretanto, não é tão tolerante assim e ameaça contar tudo para seus pais. Com medo e confusa, Tory rapidamente termina o romance com Paulie e começa a namorar Jake (Luke Kirby), que estuda numa escola próxima, só de meninos. Desesperadae com o caração partido, Paulie tenta reconquistar Tory lhe escrevendo poemas sobre o amor e a perda. Assunto de Meninas, primeiro filme falado em inlês da cineasta canadense Lea Pool, fez sua estréa mundial no Festival de Sundance de 2001. (é interessante, mas também é filme de adolescente... indico para quem está iniciando nesse mundo).
Download: http://www.megauploadbay.com/download.php?id=1264299&name=assunto+de+meninas++lost+and+d+rmvb

As Horas (2002)
Três épocas, três mulheres em três histórias se mesclam e se tranformampela influência de uma grande obra literária. A primeira é Virginia Woolf, que vive num subúrbiolondrino nos anos 20, lutando contra a insanidade enquanto começa escreer seu primeiro grande romance, " A senhora Dalloway". As outras mulheres, a dona de casa LauraBrown, de Los Angeles, nos anos 40 e a editora Clarissa Vaughan, nos dia de hoje, em Nova York, enfrentaram situações iferentes entrelaçadas pelo livro que Virgínia escreveu, fundindo-se num final surpreendente. (outro que não é um filme lésbico, apenas tem uma personagem lésbica... mas esse filme é fantástico!!!!)
Download: http://www.megaupload.com/?d=46N1M9SZ


8 Femmes (2002)
Oito mulheres e um corpo com uma faca nas costas. Cada uma com um motivo especial para ter cometido o crime contra o homem deitado na cama. Esposa, sogra, cunhada, irmã, duas filhas e duas empregadas se digladiam enquanto o mistério paira no ar. Isoladas pela neve no casarão da família, todas são suspeitas e à medida que as horas passam, novas pistas surgem e desvendar esse segredo pode ser uma surpresa para todos...inclusive para você. (não é um filme lésbico... é um filme francês, musicado... e muito interessante... tem personagem lésbica, apenas por isso, não vão achar em locadora... é um filme raro)
Download: http://www.megaupload.com/?d=YT577ZUY
Legenda: http://www.megaupload.com/?d=KS2RWUSQ


Segundas Intenções (1999)
Sarah Michelle Gellar (Eu sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado, Pânico 2) e Ryan Philippe (Eu sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado) brilham como os ricos e manipulativos meio-irmãos neste delicioso conto de sedução, vingança e conquista. Após seduzir e arruinar a reputação de uma inocente adolescente (Selma Blair, Mal Posso Esperar), a aposta aumenta quando Kathryn (Gellar) desafia o insaciável meio-irmão Sebastian (Phillipe) para uma difícil conquista: levar para a cama a bela e virgem filha do diretor da escola, Annette (Reese Witherspoon, A Vida em Preto e Branco). Se ele falhar, Kathryn se apodera de sua maior riqueza mas, se tiver sucesso, Sebastian ganha o prêmio máximo: a própria Kathryn. (quem nunca viu esse filme e a famosa cena do beijo babado????)
Download: http://www.megaupload.com/?d=CV2A49RG


Garotas Selvagens (1998)
Garotas Selvagens é um suspense com uma intrincada teia de falsidade entre improváveis conspiradores. Um filme tão emocionante que você vai saber quem está conspirando contra quem (e em que circunstâncias) apenas quando os créditos finais passarem na tela. Com um elenco grandioso que mistura experientes e jovens astros, Garotas Selvagens mantém o clima de tensão e sensualidade em altíssima temperatura. (outro filme que tem a famosa cena da pegação das duas garotas... clássico rs...)
Download: http://www.megaupload.com/?d=SX631DLL
Legenda: http://www.megaupload.com/?d=D2VPVDNM




Beijando Jessica Stein (2001)
Apaixone-se por esta divertida história de um romance nada convencional que é "tão imprevisivel quanto charmos" (Entertainment Weekly). A vida de solteira não é nada divertida para Jessica Stein, uma atraente jornalista, que trabalha para um jornal de uma grande cidade. Após uma série de encontros realmente desastroso, a busca de Jessica por seu "Principae Encantado" parece inútil. Mas um anúncio na sessão de classificados pessoais chama a sua atenção e ela ancontra uma alma gêmea onde menos esperava. Hilária e cativante, Beijando Jessica Stein é "uma comédia romântica incrivel" (Rolling Stone) que vai contra todas as regras e faz você sorrir! (filme engraçadinho, fofinho, cute ^^)
Download: http://www.megaupload.com/?d=G3I0I6CQ


Thelma & Louise (1991)
Thelma (Geena Davis) é uma dona de casa entediada. Louise (Susan Sarandon) é garçonete em uma lanchonete. Juntas elas partem furtivamente em um Thunderbird 66 conversível para uma pescaria de três dias. No entanto, as coisas não acontecem exatamente como elas haviam planejado. Um encontro com um bêbado, desbocado e com tendências a estuprador transforma sua inocente "fugidinha de fim de semana" em uma fuga através do país, que muda suas vidas para sempre. (super clássico, nem preciso comentar né)
Download: http://www.megaupload.com/?d=LBWGEZVU




Vicky Cristina Barcelona (2008)
Duas jovens americanas, Vicky (Rebecca Hall) e Cristina (Scarlett Johansson) viajam para Barcelona para passar as férias de verão. Vicky é sensível e está com casamento marcado já Cristina é uma aventureira tanto emocionalmente como sexualmente. Em Barcelona, elas se envolvem em uma série de encontros românticos com Juan Antonio (Javier Bardem), um carismático pintor, que ainda está envolvido com sua ex-esposa tempestuosa Maria Elena (Penélope Cruz). Com o luxuoso visual do Mediterrâneo e a sensualidade de Barcelona, Vicky Cristina Barcelona é uma engraçada e liberal celebração do amor e todas as suas configurações. (Woody Allen é o cara né... filme muito bom!!!!)
Download: http://www.megaupload.com/?d=GA93BWVH


Almas Gêmeas (1994)
Baseado em fatos verídico, ?Alma Gêmeas? é uma história extraordinária sobre uma amizade muito especial. Pauline e Juliet, duas adolescentes muito imaginativas desenvolvem uma amizade inseparável que com o tempo se tornou obsessiva. Criando um mundo próprio, elas foram se afastando da realidade a tal ponto que um adorável universo de sonho e fantasia está prestes a se transformar em um assassinato cruel. Almas Gêmeas. A história de um crime que o mundo nunca esqueceu. (filme triste... nossa, como é triste e cruel)
Download: http://www.megaupload.com/?d=RFFMQVYA






O Preço da Vitória (1983)
Esta é a história de 4 anos da vida de duas atletas: Chris e Terry conheceram-se em 1976 nos Jogos Pan-Americanos. Tornam-se amigas, amantes e por fim adversárias ao longo do tempo em que vão treinando para estarem presentes nos Jogos Olímpicos. (Grupo de Mulheres da Associação ILGA-Portugal) (filme tosco, mas muito, muito, muito tosco mesmo... vi na sessão coruja, ou no cine-privê da Band? não me lembro... só sei que é muito tosco... nem vale a pena)






Desejo Proibido (2000)
Mostra a vida de três diferentes gerações de lésbicas. Em 1961, Vanessa Redgrave atua como a viúva de sua parceira de 50 anos. É uma história de partir o coração em que Redgrave, sem saída, assiste enquanto um parente distante de sua parceira vem e toma posse de todos os seus bens. Em 1972, a estudante de faculdade, Linda (Michelle Williams) conhece Amy (Chloë Sevigny) num bar lésbico. Apesar de seus amigos desaprovarem as roupas de Amy, Linda não consegue se afastar dessa mulher vestida de homem. Ellen DeGeneres e Sharon Stone estrelam em 2000, como um casal de lésbicas que quer nada mais do que ter um bebê. (muito bom, muito bom, muito bom!!!)
Download: http://rapidshare.com/files/94317196/Desejos_Proibidos.rmvb




Swimming Pool (2003)
Sarah Morton (Charlotte Rampling) é uma escritora inglesa cujos romances policiais conciliam sucesso de vendas e prestígio junto a crítica. A convite de seu editor, ela viaja para a casa de campo dele, na Provence francesa, onde supostamente vai encontrar a tranqüilidade necessária para escrever seu mais novo livro. Mas a paz de Sarah é interrompida com a chegada de Julie (Ludivine Sagnier), a filha do editor, uma adolescente linda e cheia de vida por quem a escritora sentirá uma grande e estranha atração. (muitíssimo interessante... vale muito a pena... mas é um filme raro)
Download: http://www.megaupload.com/?d=QPD35SJU



Mulholland Drive - Cidade dos Sonhos (2001)
Um acidente automobilístico na estrada Mulholland Drive, em Los Angeles, dá início a uma complexa trama que envolve diversos personagens. Rita (Laura Harring) escapa da colisão, mas perde a memória e sai do local rastejando para se esconder em um edifício residencial que é administrado por Coco (Ann Miller). É nesse mesmo prédio que vai morar Betty (Naomi Watts), uma aspirante a atriz recém-chegada à cidade que conhece Rita e tenta ajudar a nova amiga a descobrir sua identidade. Em outra parte da cidade o cineasta Adam Kesher (Justin Theroux), após ser espancado pelo amante da esposa, é roubado pelos sinistros irmãos Castigliane. (filme doido, como todos os filmes do David Lynch, mas bastante interessante).
Download: http://www.megaupload.com/?d=8XRZA7IF


Orlando - A Mulher Imortal (1991)
O carismático e jovem nobre inglês Orlando (Tilda Swinton ? Caravaggio, Eduardo 2), é o protegido da Rainha Elizabeth 1 (Quentin Crisp ? A Prometida) de quem recebe uma rica propriedade. Após a morte da Rainha, ele se apaixona perdidamente por Sasha (Charlotte valandrey) uma princesa russa que logo o abandona. Após uma desastrosa incursão pelo mundo da poesia e seguindo o seu destino ?de homem? Orlando se vê em meio a uma violenta guerra nos desertos da Ásia Central. Raluntante entre matar ou morrer, resolve ?mudar de sexo?. Retornando como ?mulher? aos salões de Londres numa época violenta e opressora, Orlando depara-se diante de outro dilema casar ou perder seus bens. É quando encontra seu verdadeiro amor, Shelmerdine (Billy Zane ? Menphis Belle A Fortaleza Voadora, O Atirador), um jovem e impetuoso pioneiro americano. Esta é uma enigmática e cativante viagem através do tempo de uma pessoa que viveu por quatrocentos anos, primeiro como homem e, logo a seguir, como mulher. (outro filme meio doido... mas muito bonito)
Download: http://www.megaupload.com/?d=HBNY6W0O




sábado, 31 de julho de 2010

Qual é o sexo do seu cérebro?

Segue abaixo trechos da reportagem na Revista Época de 18/09/2009, por Thaís Ferreira.
"O cérebro humano pode ser feminino ou masculino independentemente do sexo biológico de uma pessoa. Faça o teste e saiba se o seu cérebro tem o mesmo sexo que seu corpo.
A ciência detectou que até o cérebro apresenta características femininas ou masculinas. Essa diferença neurológica gera diferenças de comportamentos, sentimentos e modos de pensar entre homens e mulheres. Moir acredita que a diferença de sexo entre cérebro e corpo pode estar ligada às causas do homossexualismo. “Se a concentração de testosterona no útero está mais baixa do que o padrão para os homens, então o 'centro sexual' do cérebro será feminino e esse homem sentirá atração por outros homens. Se a concentração desse hormônio estiver alta, o 'centro sexual' será masculino e ele sentirá atração por mulheres”, diz Moir.

 

Moir está desenvolvendo uma linha de pesquisa para entender melhor as diferenças neurológicas entre homens e mulheres e, para isso, desenvolveu um teste que mostra numa escala de 1 a 20 qual é o sexo do cérebro. O número 1 representa o cérebro mais masculino possível e o 20, o mais feminino. Quem se aproxima do 10 tem um cérebro misto. Segundo Moir, esse último caso é muito comum em suas pesquisas."

Faça o teste! (coloque o resultado como comentário)
Clique aqui para fazer o teste.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

The Devil...

Eu simplesmente amo essa música... o conjunto completo da obra... letra, melodia, voz... PJ Harvey é simplesmente uma das melhores artistas que já ouvi na minha vida...

 

The Devil

 

As soon as I'm left alone
The Devil wanders into my soul
And I pretend to myself
I go out to the Old Milestone
Insanely expecting you to come there knowing
That I wait for you there
Come! Come!
Come here at once!
Come! Come!
On a Night with No Moon
Because all of my being is now in pining
All of my being is now in pining.
What finally cheered me
Now seems
Insignificant!
Insignificant!

 

O Diabo

 

No momento em que estou só
O diabo vaga na minha alma
E eu minto para mim
Eu vou ao Old Milestone
Presumindo loucamente que você apareça sabendo
que eu te espero lá.
Venha! Venha!
Venha cá uma vez!
Venha! Venha!
Numa noite sem luar
Pois agora toda a minha existência está comprometida
Agora toda a minha existência está comprometida
O que antigamente me alegrava
Agora parece
Insignificante
Insignificante