domingo, 14 de dezembro de 2014

Mais um tempo se passou...


Nem eu tinha noção do tempo que fiquei fora daqui.
Tanta coisa aconteceu nesse tempo.
Profissionalmente, eu dei um salto. Ralei muito, e tive o reconhecimento pelo meu esforço. Isso é muito gratificante!
Amorosamente... é um pouquinho mais complicado.
Separei, voltei, separei de novo. Joguei a última pá de cal que deveria ter sido jogada há mais de 1 ano e meio.
Mas não estou reclamando. Foi bom tudo ter acontecido dessa maneira. Primeiro porque eu precisava me livrar disso. EU! Eu precisava jogar fora toda essa energia ruim que ainda me assolava, toda essa história mal acabada, essa história que ficou entalada na minha garganta por 4 anos. E eu senti muito orgulho de mim por ter feito isso!! Por ter tomado a iniciativa!!! :D

E ainda bem que eu fiz isso!!!! Porque coisas maravilhosas estão acontecendo em minha vida. E foi no tempo certo! Na hora certa! Meu coração está leve! E pronto para receber o amor. Mas... esse assunto vai ficar para outro momento rs.

Vou tentar voltar a escrever, sinto falta, me isolei de muita coisa, e agora estou voltando a respirar!!


Ela une todas as coisas
Como eu poderia explicar
Um doce mistério de rio
Com a transparência de um mar

Ela une todas as coisas
Quantos elementos vão lá?
Sentimento fundo de água
Com toda leveza do ar

Ela está em todas as coisas
Até no vazio que me dá
Quando vejo a tarde cair
E ela não está

Talvez ela saiba de cor
Tudo que eu preciso sentir
Pedra preciosa de olhar
Ela só precisa existir
Pra me completar

Ela une o mar
Com o meu olhar
Ela só precisa existir
Pra me completar

Ela une as quatro estações
Une dois caminhos num só
Sempre que eu me vejo perdido
Une amigos ao meu redor

Ela está em todas as coisas
Até no vazio que me dá
Quando vejo a tarde cair
E ela não está

Une o meu viver
Com o seu viver
Ela só precisa existir
Para me completar

Ela Une Todas As Coisas, by Jorge Vercillo