sábado, 4 de abril de 2015

Insônia e saudade...

Cá estou eu, em mais uma noite com insônia por causa de saudade. Eu estava caindo de sono à 3h atrás, mas comecei a procurar músicas indie (alternativas) já que disse que ia te mostrar. Só que aí bateu uma nostalgia e lembrei das festas alternativas que ia com uma certa frequência: Paranoid Android, Starfuckers, Goth Box e DDK. E já imaginei você comigo nessas festas.

Sei que esses lugares não fazem muito seu estilo rsrs. São músicas bem diferentes do que está habituada e as pessoas, bem, são pessoas alternativas, na maioria com idade entre 18 e 28 anos. Então, realmente não sei se vai gostar. Mas...quero tanto te apresentar essa parte do meu mundo. Porque foi uma parte muito importante pra mim e, consequentemente, ajudou na construção da pessoa que sou hoje: o amor da sua vida :D

E se eu já estava morrendo de saudade antes, ficar pensando em você comigo em lugares que eu adoro, só a transformou em algo sufocante, avassalador. Um diazinho sequer sem te ver, me causa dor física. Logo sinto taquicardia e falta de ar, de tanta saudade. Acho que isso colaborou pra eu ter ficado dodói ontem.
E pra ajudar na insônia, meu estômago ta estranho, dando umas pontadas e dolorido. Medo de sentir aquela dor horrorosa de novo :'(

Bom, são 2:30 agora, levando em consideração que eu acordei ontem às 5:30, faltam apenas 3h pra eu completar 24h acordada. Vou tentar dormir agora, com a imagem nítida de você nos meus pensamentos e nos meus sonhos. Coração acelera só de pronunciar seu nome na minha mente. Te amo muito, minha morena linda! :*****

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Confiança até no sonho...

Toda vez que posso dormir até mais tarde, acordo cedo, mas tudo bem.

Sonhei que morava em Caxias, e íamos num bar lésbico. Bar bem legal, só tocando músicas alternativas, clima descontraído, galera bem alto astral, parecia que todo mundo se conhecia. Meu amor morrendo de ciúme, lógico rsrsrs, e com isso fazia de tudo pra me provocar e tirar minha atenção do resto das pessoas, adorei! Hehehehe.

Teve uma hora que um cara (sim, apesar do bar ser lésbico, tinha um maluco lá), muito bêbado, chegou perto, me entregou um molho de chaves e disse: aí, faz  favor, vai alí e tira meu carro dali e coloca numa vaga lá na praça. Doidaço!!! Fui lá, morrendo de medo, odeio dirigir carro dos outros, e entrei no carro, que apesar de ser um Fiesta, mais parecia um Fusca.

Quando entrei, tinham duas meninas dormindo no carro, mas dormindo mesmo, com edredom, travesseiro e tudo kkkkkkkk. Com maior sacrifício, troquei o carro de vaga e voltei pro bar.

Tinha muita mulher no bar, e algumas bem assanhadas e abusadas, chegava junto, se insinuavam, passavam a mão mesmo. E eu morrendo de medo do meu amor brigar comigo. Fui logo correndo pro ladinho dela e ela estava lá, toda linda me esperando!

Só teve uma coisa que não entendi desse sonho: como eu tive coragem de deixar meu amor sozinha, no meio de tanta sapa????? É muita confiança né, porra, até no sonho! ^^